25.8.15

como sobreviver entre discos da fiona apple

(aka como superar bloqueios criativos plagiando textos de outras pessoas que escrevem melhor que você)

esses dias a mari me mandou esse link que tem o maravilhoso título de how to sustain yourself between fiona apple albums e bom, basicamente o cara faz uma lista das melhores canções ao vivo de fiona apple pra que nós, apple maniacs, possamos tentar ser pelo menos um pouco felizes enquanto da impossibilidade de ver fiona ao vivo de verdade e ouvir novas canções com frequência regular.

quem é mari?, você pode ter se perguntado quando começou a ler esse post de blog, e eu te digo, meu amigo, que o que importa é que além de me mandar o link acima mencionado, mari também me mandou a seguinte foto de fioninha:


considerando tais maravilhosidades, e considerando também que o autor do texto que a mari me mandou tinha colocado na lista dele basicamente shows "recentes", a maioria de 2012/13 durante a turnê do último disco dela (turnê essa que eu e mari devíamos ter acompanhado de pertinho e ao vivo, mas fioninha às vezes cancela shows), eu decidi fazer minha própria listinha, curadoria minha e só minha, das melhores apresentações ao vivo de fioninha.


  •  o'sailor ao vivo, uma versão um pouco mais ~pesada~ que a versão do disco, mais parecida com a faixa da versão do disco que havia vazado alguns anos antes, talvez.. anyway, lindona


  • fiona teen e recém lançada ao tenebroso mundo da música, cantando raivosamente sleep to dream (apenas um hino)


  • aqui vou mandar três de uma vez: o combo elvis costello. primeiro, fiona cantando i want you, composição do elvis costello - dá pra MORRER ouvindo, sério, linda d+++++. em seguida, mais uma do mesmo show, também fiona interpretando elvis costello, mas antes tem uma mini entrevista tudo de bom TDB, vale a pena - e novamente, essa versão de shabby doll da fiona é pra morrer. e finalmente, fiona canta uma dela, tymps, mas acompanhada pela guitarra elétrica do elvis costello, e fica: ma-ra. curtam os 3 vídeos do começo ao fim pois: incríveis.



  • quando fiona retornou do limbo em 2012, alguém filmou essa versão de paper bag. a qualidade de som não é das melhores, mas dá pra ver tão bem as expressões faciais dela e dá pra ouvir o público cantando junto, é tão emocionante, gente

  • de volta aos anos teens, fioninha e seu clássico mtv unplugged - e eu escolhi a versão dela de angel, do jimmy hendrix pois: linda. also, eu já escrevi no twitter que esse show da fiona deve ter sido a referência estética da lorde pra criar seu ~visu~, porque gente, olha isso, olha as roupas da fiona, olha o jeito que a fiona se mexe no palco, me diz se a lorde não se inspirou nisso aí exatamente??? reparem que a fiona tá até de cabelos levemente cacheados, qué dizê.

  • e já que entramos no mérito da fiona ser a lorde original, olha só essa apresentação de alguma premiação do vh1 em 1997 e me diz se não tinha uma certa stylist tentando fazer vingar o look teen-chic goth desde os anos 90, porque gente, só pode ser a mesma stylist, só pode.

  • e já que estamos no mérito de fiona apple nos anos 90, mais especificamente fiona apple se apresentando em canais de música, mais especificamente fiona apple em premiações, eu não poderia deixar de lado esse que é um dos, senão o maior momento ao vivo de fioninha - a menina me citou maya angelou em plena mtv, minha gente.

  • voltando pra acontecimentos mais recentes, vou deixar aqui esse vídeo que foi meu primeiro contato com o último álbum da fiona, a primeira música que eu ouvi, o primeiro vídeo da turnê, e gente, que bela surpresa, amigos, que coisa estupenda ESTUPENDA

  • finalmente, essa performance de not about love, tão bem executada, e a fiona acaba a música com uma cara tão satisfeita, toda uma vibe fiz meu trabalho agora vocês lidem com a bad que surgirá de minhas palavras




e só pro post ter algum tipo de ~closure~, aqui uma foto da minha gata fiona apple



Nenhum comentário: